Quais informações não podem faltar para ter bons índices de desempenho em um marketplace

 

Atualmente, a melhor forma de atingir o sucesso em várias áreas de atuação é medindo os indicadores de desempenho do seu negócio presentes no marketplace. Ao trabalhar em um cenário de vendas, se faz necessário uma análise bem detalhada em relação ao desempenho. Só assim os problemas serão detectados, surgiram diversas oportunidades sem contar nas tendências.

Todos nós que atuamos nos marketplaces temos um intuito um tanto quanto óbvio, vender. Trata-se de um processo muito fácil, se mensurado a partir de alguns indicadores estratégicos. O comportamento do consumidor se tornou algo de extrema importância.

A partir desses indicadores, é possível planejar ações futuras para determinadas épocas do ano, saber qual a preferência de categorias de cada consumidor. Planejando sempre a frente.

Surgindo com uma alternativa valiosa para quem procura aumentar as vendas, os marketplaces são relativamente novos. Com eles, surgiu uma nova mandeira de atingir o público e atrair mais visibilidade para seus produtos.

Mas como funciona um marketplace? Bom, trabalhar em um marketplace é similar a pegar emprestado o espaço de algum e-commerce aleatório já consolidado no mercado. Você aproveita do alto número de acessos para potencializar a venda dos seus produtos. Para facilitar esse processo de expansão, é ideal que que o seu e-commerce trabalhe com uma plataforma de fácil integração com os principais marketplaces do país.

E o que o consumidor pensa sobre marketplaces? Os marketplaces são sistemas que fornecem uma grande diversidade de produtos, da qual não haveria acesso normalmente em qualquer outro e-commerce. Junto com toda a credibilidade passada com o nome forte no mercado, deixando o consumidor seguro para fazer compras.

E quais os indicadores que devemos prestar mais atenção?

Todos os indicadores ajudam a loja a sempre melhorar mais e mais, e fazer com que você proporcione sempre a melhor experiência para o seu consumidor. Porém existem alguns indicadores que tem de ser olhados com mais atenção, são eles:

 

– Ticket Médio

Para fazer a precificação certa, pensando em aumentar as vendas, procure sempre saber qual o gasto médio por compra do seu consumidor. Assim você tem uma rentabilidade maior para trabalhar.

As vezes o importante não é aumentar o número de vendas e sim aumentar o valor de cada compra, sejam elas quantas forem. Só assim será possível planejar ações para o sucesso no marketpalce

 

– Custo de aquisição de clientes (CAC)

Essa é uma métrica que mostra o total gasto para capturar um consumidor novo.

O valor do CAC não pode ser maior que o seu ticket médio em momento algum, se isso ocorrer você esta gastando mais para conquistar um cliente que não te traz retorno esperado.

 

– Reclamações no SAC

Mais importante que a venda, vem o pós venda do marketplace. É ai que você vai saber como foi a experiência do seu consumidor, quais são os pontos bons e quais pontos necessitam de algum ajuste. Através dela é descoberta a taxa de insatisfação dos seus clientes.

Trata-se de um indicador que deve ser avaliado de maneira quantitativa, buscando entender ao fundo quais os tipos de problemas mais comuns.

 

– Itens mais vendidos

É essencial que dentro de um marketplace, você saiba como andam as suas vendas e quais os produtos mais vendidos. A partir daí que são traçadas as estratégias eficazes para o seu negócio, por exemplo: qual o estilo de produtos devemos focar, qual tipo de produto é melhor, etc.

A melhor forma de mensurar esses resultados, é usando uma plataforma que integra sua lojas com os principais marketplaces do mercado e facilita toda sua gestão de vendas. Mas não se prenda apenas nos produtos que mais vendem, é a partir dos demais produtos que sairão estratégias objetivas de quais produtos não comercializar e obter assim sucesso total.

 

– ROI

Todas as áreas de uma empresa podem se beneficiar de uma análise de ROI (retorno sobre investimento) para se certificar de que as ações estão realmente agregando valor. No caso de um marketplace, você precisa estar constantemente avaliando se está valendo a pena atuar naquele espaço e se os seus esforços estão se pagando.

O cálculo por trás do ROI é relativamente simples. Basta pegar o seu número de receita e subtrair os seus custos dele. Depois, o resultado deve ser dividido pelos custos. Você pode multiplicar o produto por 100 para chegar a uma porcentagem. Ou seja, se o resultado der 15, o seu ROI foi de 150% (você obteve de volta metade a mais do que investiu).

Tendo como prioridade melhorar cada vez mais os retornos do seu marketplace, você precisa acompanhar os indicadores de desempenho certos. Aproveite as dicas que trouxemos para saber quais números são mais importantes e de que forma utilizá-los para tomar decisões mais estratégicas a partir das suas vendas. Será possível aproveitar retornos cada vez superiores ao trabalhar dessa forma.